VICTOR RIBEIRO TRIO

O violonista, compositor e arranjador Victor Ribeiro - também integrante do Relógio de Dalí, quarteto instrumental de destaque do Rio de Janeiro - apresenta na formação de trio um show instrumental contagiante, repleto de nuances, suingue e improvisação. Victor desenvolve uma sonoridade contemporânea e diferenciada do violão sete cordas ao assumir lugares pouco convencionais e explorados pelo instrumento.

 

Ao lado dos grandes e jovens músicos Pablo Arruda (contrabaixo) e Lucas Fixel (bateria), Victor apresenta composições próprias que flertam com os gêneros do jazz contemporâneo, ritmos regionais brasileiros, rock e música erudita, além de releituras.

O TRIO

Pablo Arruda é baixista e compositor. Formado em contrabaixo pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Começou a estudar música aos 4 anos de idade em Genebra, Suiça, onde morou durante sua infância. Mais tarde, estudou piano erudito com Delfim Moreira e aos 9 anos ganhou o primeiro lugar no Concurso Latino Americano Rosa Mística, em Curitiba (Paraná). Aos 12, começou a tocar baixo elétrico incentivado pelos grooves do Red Hot Chili Peppers, Jaco Pastorius, James Jamerson, Jamil Joanes, Stevie Wonder, Chris Wood e muitos outros grandes músicos do jazz brasileiro, americano e europeu. Estudou em Providence  com Dave Zinno - acompanhando de perto o trabalho do influente contrabaixista de jazz norte-americano - e de volta ao Brasil estudou com Paulo Russo e Gael Lhumeaux. Já trabalhou e dividiu o palco com grandes nomes como Leo Gandelman, Hermeto Pascoal, Charles Theone, Serginho Trombone, Nova Lapa Jazz, Paulinho Trompete, Henrique Band, Danilo Sinna, Carlos Malta, Eduardo Neves, Rafael Vernet, Jurim Moreira, Rubel, Bernardo Bosísio, Pedro Martins, Zé Luiz e Banda Magnética, Caio Marcio, Wladimir Pinheiro, Elza Soares, Angela Maria, Wilson Meireles, Kadu Lambach, Orquestra Delfim Moreira, Jean Charnaux, Carlos Navas, Liz Rosa, Alma Thomas, Indiana Nomma, Nina Wirtti, Roberta Nistra, Leandro Fregonesi e Dudu Nobre. Além do quarteto, também é integrante do Relógio de Dalí, do Quinteto Nuclear, da banda Taranta e desenvolve seu trabalho autoral Pablo Arruda Quarteto.

Lucas Fixel é profissional da música desde os 15 anos, atuando como baterista, percussionista, compositor e arranjador. Atua em palcos nacionais e internacionais, tanto na música como no teatro musical. Morou 5 anos na Espanha onde trabalhou como músico, professor e arranjador. Estudou jazz performance, arranjo e composição por 4 anos no Seminário Permanente de Jazz de Pontevedra, participando de 4 albums da escola como músico, compositor e arranjador. Estuda bacharelado em arranjo na UNIRIO, participou dos programas:Jazz/Rock performance III, Big band, arranjo e produção musical na Örebro University 2016/2017. Em 2015 lançou o disco "Rebentação", onde participa não só como músico em todas as faixas, mas também como arranjador e diretor musical. Atualmente compõe o Victor Ribeiro trio, Haroldo Mauro Jr. trio, Pablo Arruda quarteto e trabalha como freelancer. Gravou os discos vols. V, VI, VII do CD: “Jazz Live! No principal” ao lado de Roman Filiu (Cuba), Vistel Brothers (Cuba) e Logan Richardson (USA), e os vols. 8, 9 e 10 do Seminário de Jazz de Pontevedra registrando seus temas autorais. Gravou também os discos “Somos Nóis” do grupo Galego Pé de Boi, Thiago Guzzo Quinteto, "Silencio" com Pablo Arruda Quarteto, "A ronda da capivara" com Victor Ribeiro trio e "Rebentação", seu primeiro disco como bandleader. Já dividiu o palco com artistas importantes como: Edson Lobo, Tita Lobo, Haroldo Mauro Jr.,Trio Júlio, Thaís Macedo, Nova Lapa Jazz, Relógio de Dalí, Logan Richardson (USA), Roman Filiu (Cuba), Célia Mur (ESP), Paco Charlín (ESP), Vistel Brothers (Cuba),etc.